O que seus colaboradores mais gostam nos games mobile

É preciso estar atento aos interesses da audiência para compreender a melhor forma de transmitir os conhecimentos

Os dispositivos móveis são cada vez mais utilizados pelas empresas como “veículos” para o aprendizado, fornecendo de uma maneira flexível, dinâmica e prazerosa ao colaborador conteúdos relacionados ao seu universo corporativo. Quando somados aos jogos – e lembramos que a maior parte das pessoas já está acostumada a jogar por meio de dispositivos móveis –, tornam o processo de aprendizagem muito mais prático e divertido.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Retrospectiva do blog MicroPower

Os posts mais acessados pelos leitores do blog MicroPower em 2015 e os temas que serão destaque em 2016

O começo do ano é sempre uma ótima oportunidade para avaliar tudo aquilo que aconteceu no ciclo anterior, nos últimos 365 dias. Ideias, ações e projetos: vale a pena observar o que deu certo, o que chamou a atenção do mercado, o que não teve tanta aceitação ou o que merece retoques e melhorias. 

No ano de 2015, “afiamos” a comunicação e desenvolvemos muitos conteúdos para o blog e as redes sociais da MicroPower. Chegamos a pessoas em todos os cantos do mundo e tivemos muitos feedbacks de nossos seguidores. Ao examinarmos acessos, curtidas, compartilhamentos, dúvidas e solicitações dos profissionais da área, conseguimos chegar aos temas mais procurados, isto é, que as pessoas mais têm interesse em conhecer detalhadamente.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

MicroPower marca presença no “Learning 2015”

Conferência de Elliott Masie, referência global no Tema Aprendizado Corporativo, reúne mais de 1.600 pessoas entre os dias 1 e 4 de novembro

Entre os dias 1 e 4 de novembro, acontece um dos maiores eventos relacionados ao aprendizado no campo corporativo. Organizado por Elliott Masie, pesquisador especializado em tópicos críticos de tecnologia, negócios, aprendizado e produtividade no local de trabalho, o Learning 2015 reúne todos os anos mais de 1.600 pessoas vindas de diversos países para tratar de temas como:



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Tendências: os treinamentos mais utilizados pelas organizações

As tendências em formatos de treinamento que irão ajudar a alavancar a performance de seu time

Você já deve ter percebido que os programas de treinamento e desenvolvimento de pessoas estão cada vez mais relacionados com as estratégias das empresas. Com a economia passando por “certa turbulência”, custos aumentando, bem como a competitividade entre as empresas concorrentes, nunca foi tão necessário (ou nunca se pensou que fosse) unir interesses e necessidades de capacitação do colaborador aos objetivos e metas do negócio.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Tendências de aprendizado: mobile learning e gamification

Crie uma experiência de aprendizado extremamente prazerosa para os colaboradores investindo em mobile learning e gamification

Como criar treinamentos engajadores? Como desenvolver um treinamento efetivo com verba reduzida? Como simplificar um conteúdo muito técnico? Essas são algumas das dúvidas dos profissionais de treinamento. Nada mais natural, se levarmos em consideração o ritmo frenético do mercado, as novas tecnologias e a necessidade constante de atualização e capacitação dos colaboradores.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Gamification: três erros que podem ser evitados em seus treinamentos

Será mesmo que você está usando os games de forma correta?

Os games já viraram tema de pesquisas, reportagens, livros e são a mais nova iniciativa de treinamento e avaliação não apenas em multinacionais, mas em pequenas e médias empresas de diferentes segmentos. 

“Gamificar” está na moda! Brincadeiras à parte, o uso de ideias e mecânicas dos jogos em um contexto não diretamente relacionado com jogos – Gamificação (Gamification, em inglês) – engaja e proporciona interação entre colaboradores e empresa, transformando, de maneira divertida e descontraída, conceitos e experiências em simulações. 

No entanto, é comum algumas empresas darem tropeços e não usarem os games de maneira correta em seus programas de capacitação. Selecionamos três erros comuns, destacados pelo portal e-Learning Industry, para que você não acabe com uma estratégia de treinamento que tem tudo para ser bem-sucedida. Confira!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Treinamentos para a geração Y

Informações que o profissional de treinamento deve ter em mente ao elaborar cursos para jovens talentos

Os jovens talentos ou profissionais da geração Y (nascidos após 1980) estão mais do que acostumados com as novas tecnologias. Eles praticamente nasceram nesse ambiente high tech. A primeira palavra que disseram provavelmente nem foi papai ou mamãe, mas sim Wi-Fi

Brincadeiras à parte, essa geração acostumada a mexer com gadgets (dispositivos eletrônicos portáteis), blogs, vídeos, redes sociais e games, chega ao mercado de trabalho sem receio dos desafios; considerando suas atividades como verdadeiras fontes de satisfação e aprendizado. 




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Transforme o aprendizado em algo divertido

Aposte em jogos para transmitir conhecimento e promover mudanças de comportamento

Independente de idade, formação, atividade, qualquer pessoa gosta de brincar ou jogar. Seja em um simples jogo de tabuleiro, seja no game mais high tech, a emoção do desafio, os novos caminhos em busca de soluções e as metas nos fazem experimentar uma nova maneira de aprender – explorando o sistema a fim de vencê-lo. 



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

15º Congresso Learning & Performance Brasil

Os melhores momentos do maior evento de Learning & Performance da América Latina

Com o tema A Alta Performance nas organizações: o que realmente faz a diferença?, o 15º Congresso Learning & Performance Brasil foi realizado no último dia 10, no espaço de convenções do Renaissance São Paulo Hotel, e contou com a presença de cerca de 300 profissionais entre presidentes, vice-presidentes e outros representantes de organizações privadas e públicas, nacionais e internacionais. O evento promoveu as melhores práticas e soluções tecnológicas do mercado relacionadas à gestão de alta performance e do capital humano e ao desenvolvimento de talentos, acessibilidade e aprendizado.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter