Learning Management System: tendências

O que você precisa saber sobre os “trending topics” relacionados ao LMS

Que o Learning Management System ou LMS se destaca como uma ferramenta poderosa para as organizações você já sabe, apresentamos suas vantagens em posts anteriores (Learning Management System e O que o LMS pode fazer por sua empresa). O que você não sabe, são as tendências levantadas nas mais recentes pesquisas de mercado. Confira!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

SCORM – Sharable Content Object Reference Model

A padronização que permite ao LMS carregar o curso e que permite ao curso ser interpretado pelo LMS é o padrão SCORM

A padronização começou na aviação, quando o e-Learning era conhecido como CBT – Computer Based Training e CMI – Computer Managed Instruction. Existiam alguns padrões como AICC, ADL, LRN, CBT, IEEE, IMS até chegarmos ao atual SCORM (cuja primeira versão foi lançada em janeiro de 2000) e suas versões.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

4 motivos para se usar vídeos em treinamento


O uso de vídeo no e-Learning muitas vezes pode ter um papel importante na forma de aprender e reter informações. Estudos têm demonstrado que a aprendizagem com o auxílio do vídeo aumenta a taxa de retenção.

Como saber a hora certa de usar o vídeo para o seu treinamento? Aqui estão quatro motivos para explorar esse recurso:




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Cultura de Alta Performance – Parte 7: Meritocracia


Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos 
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o sétimo ponto, a Meritocracia.





Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

10 razões para sua empresa investir em e-Learning


Neste artigo você encontra as 10 principais razões pelas quais você deve considerar investir em e-Learning corporativo, não importa o tamanho de sua equipe ou orçamento. Falaremos de como o e-Learning pode ajudar a reduzir os custos de treinamento e reduzir a rotatividade de funcionários.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Cultura de Alta Performance – Parte 6: Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho


Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos 
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o sexto ponto, o Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho.





Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Cultura de Alta Performance – Parte 5: Execução


Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos 
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o quinto deles, a Execução.





Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Cultura de Alta Performance – Parte 4: Métricas e Indicadores bem definidos

Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos 
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o quarto deles, as Métricas e Indicadores bem definidos.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Pesquisa sobre Questões Críticas de Capital Humano


Temos a satisfação de convidá-lo(a) a participar da edição 2015 da Pesquisa sobre Questões Críticas de Capital Humano.

Este estudo visa identificar as questões relacionadas à Gestão de Pessoas que serão mais importantes para as organizações dentro do contexto de nosso país nos próximos meses e qual a eficácia das organizações ao abordá-las. 




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter