Gere SCORM gratuito do seu ppt com avaliações, simulações interativas e vídeos online

Dica para quem precisa de agilidade na disponibilização de informações

Gostaria de compartilhar uma dica para quem precisa de agilidade na disponibilização de informações e que não necessita de um conteúdo mais elaborado, pois isso é uma realidade em muitas organizações, assim como a falta de budget para aquisição de ferramentas de autoria para essa finalidade.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

O que o LMS pode fazer por sua empresa

Confira as vantagens do Learning Management System, quando bem-estruturado e totalmente integrado à estratégia de aprendizagem e desempenho

O Learning Management System ou LMS é a principal ferramenta de gerenciamento do aprendizado online. Ele permite fazer a gestão e a administração segmentada por portais e domínios; desenvolver comunicação multi-idiomas (português, espanhol e inglês); criar um portal de comunicação integrado e também múltiplos perfis de usuários (parametrizáveis); além de ser compatível com o padrão SCORM.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Eu tenho um sonho: Tin Can API

O compartilhamento do aprendizado de muitos para muitos

Desde a primeira versão do SCORM, lançada no ano 2000, acreditamos no padrão mundial de desenvolvimento de cursos online. Era um sonho ter cursos que pudessem utilizar plataformas diferentes no mundo inteiro com a mesma linguagem, até hoje esse sonho persiste. Apesar da promessa, quem já tentou migrar de plataforma sabe que as coisas não são tão simples. Na ADL (órgão regulamentador), você encontra a MicroPower entre as pouquíssimas empresas certificadas, mas quase ninguém lembra disso na contratação ou na implantação de uma universidade corporativa.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

SCORM – Sharable Content Object Reference Model

A padronização que permite ao LMS carregar o curso e que permite ao curso ser interpretado pelo LMS é o padrão SCORM

A padronização começou na aviação, quando o e-Learning era conhecido como CBT – Computer Based Training e CMI – Computer Managed Instruction. Existiam alguns padrões como AICC, ADL, LRN, CBT, IEEE, IMS até chegarmos ao atual SCORM (cuja primeira versão foi lançada em janeiro de 2000) e suas versões.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

4 motivos para se usar vídeos em treinamento


O uso de vídeo no e-Learning muitas vezes pode ter um papel importante na forma de aprender e reter informações. Estudos têm demonstrado que a aprendizagem com o auxílio do vídeo aumenta a taxa de retenção.

Como saber a hora certa de usar o vídeo para o seu treinamento? Aqui estão quatro motivos para explorar esse recurso:




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Cultura de Alta Performance – Parte 7: Meritocracia


Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos 
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o sétimo ponto, a Meritocracia.





Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

10 razões para sua empresa investir em e-Learning


Neste artigo você encontra as 10 principais razões pelas quais você deve considerar investir em e-Learning corporativo, não importa o tamanho de sua equipe ou orçamento. Falaremos de como o e-Learning pode ajudar a reduzir os custos de treinamento e reduzir a rotatividade de funcionários.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Cultura de Alta Performance – Parte 6: Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho


Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos 
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o sexto ponto, o Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho.





Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Cultura de Alta Performance – Parte 1: Liderança


Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos 
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o primeiro deles, a Liderança.





Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter