Três dicas para alavancar o e-Learning em sua empresa

Técnicas para criar uma cultura de aprendizado mais atrativa, engajadora e eficiente

Nossa memória é sábia. Ela registra detalhadamente tudo aquilo que precisamos usar no dia a dia. Assim, fatos, atividades e conhecimento são armazenados em nosso HD – o cérebro – e, quando precisamos, os resgatamos de forma tão rápida, que nem nos damos conta desse mecanismo extremamente avançado – e natural.

O que não é usado com frequência fica arquivado em “subpastas”. Justamente por isso que, muitas vezes, não nos lembramos de detalhes das aulas de História, daquele caminho que quase nunca fazemos ou até de alguma atividade exercida no passado.

Nesse sentido, reforça-se a ideia de que é preciso buscar técnicas para criar um e-Learning mais atrativo, engajador e eficiente para o time de colaboradores, provendo a esses aprendizes habilidades e conhecimentos para serem usados fora da sala de aula, ou seja, em cenários do mundo real. 

Selecionamos três dicas para que sua empresa crie uma cultura de aprendizado diferenciada. Tome nota e comece a desenvolver seus talentos!

1 – Transforme seu e-Learning em interatividade
É preciso chamar a aten��ão da audiência. Por isso, explore cases, conte histórias e cite diferentes personagens em variadas situações. Nesse contexto, traga os participantes para a discussão, faça com que interajam e apontem suas considerações com base no que foi apresentado.

2 – Tempo: crie um cenário real
O tempo é cada vez mais precioso no dia a dia das pessoas e organizações. Entre reuniões, elaboração de projetos e outras atividades, os colaboradores precisam saber tomar decisões importantes de forma rápida e precisa. Dessa forma, é importante que sejam criadas situações no e-Learning para encorajar os profissionais a trabalhar e fazer escolhas sob pressão. Mas atenção: nada de exageros. Certifique-se de que seu treinamento está dando ao time a oportunidade de refletir e analisar estrategicamente todos os fatores que envolvem uma tomada de decisão.

3 – Peça que o time crie seus próprios cenários de e-Learning
Quando os participantes do e-Learning criam cenários e situações para estudo de caso, eles fixam os conceitos vistos em aula e ainda podem aplicar tal conhecimento utilizando suas próprias palavras, ideias e exemplos. Dessa forma, eles também são estimulados a trabalhar em grupo, o que consolida as habilidades de colaboração e de comunicação, além de estimular a criatividade. Para tanto, basta sugerir-lhes uma ideia ou tema (equiparada ao grau de dificuldade exigido pela função) e disponibilizar as ferramentas necessárias para a tarefa, inclusive, tecnológicas.

Com esse passo a passo pautado em criatividade, senso de urgência e colaboração, sua empresa vai criar um cenário de e-Learning com benefícios reais para os colaboradores. Para garantir a atratividade de seus cursos em formato e-Learning, conheça os serviços do Estúdio de Conteúdos da MicroPower, soluções para aumentar a performance de sua organização. Clique aqui. 
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading