Empresas inteligentes

Um bom desempenho não depende somente de seus talentos

A pergunta a seguir pode parecer estranha, mas você sabe dizer se sua empresa é inteligente? Sabemos que há pessoas inteligentes dentro das organizações atuando em diferentes áreas e posições. De cientistas a vendedores, tais profissionais que acumulam anos de experiência prática e estudo. Mas ter funcionários brilhantes não é garantia de inteligência empresarial ou de um bom desempenho.

O que determina essa característica é a capacidade da empresa de adaptação às variações do mercado e sua velocidade de reação. Além disso, conforme definição de Marc J. Rosenberg, “empresas inteligentes são ambientes em que prospera uma cultura de aprendizado”. Para tanto, o especialista aponta que uma organização precisa estar munida de muita informação e tecnologia e também que priorize a cultura do alto desempenho, multiplicando o conhecimento de forma que ele seja aplicado por propósitos de valor, como crescimento dos negócios e melhora operacional. 

Quer saber se sua instituição caminha na direção certa? Então confira as cinco características de uma empresa inteligente. 

Foco no conhecimento e na aplicação – uma empresa inteligente é sustentada pelo conhecimento de seus colaboradores e pela forma como esse conhecimento é aplicado no negócio. Nesse modelo, o aprendizado é elemento essencial para crescimento e compartilhamento de ideias e deve ser acessível a todos.

O efetivo uso da tecnologia – indispensável para manutenção e aumento da produtividade, a tecnologia será cada vez mais utilizada para suportar novos modelos, métodos e meios voltados a aprendizado e desempenho.

Abordagem sistêmica e dinâmica – nada de um modelo engessado! A empresa inteligente busca equilíbrio entre processos e flexibilidade para permitir que eles mudem e evoluam, sempre coletando feedback, novos dados e ideias em busca de aperfeiçoamento.

Ênfase nos indivíduos e equipes – a empresa inteligente pensa no desempenho individual para agregar ao coletivo, ou seja, em capacitar os colaboradores para que trabalhem em prol do grupo, para a alta performance de equipes, organizações e unidades de negócios.

Um alicerce para o desempenho – no modelo de negócios da empresa inteligente, apenas conhecer algo não é suficiente. Esse conteúdo deve ser usado para gerar valor ao negócio – produtividade,  aumento de vendas, eficiência nas operações, satisfação dos clientes.

Se deseja mais informações sobre gestão de performance e de desenvolvimento de talentos, conheça a plataforma MicroPower Performa, que apresenta funcionalidades para administrar objetivos de negócio, definindo-os e transmitindo-os a todos os níveis hierárquicos, de forma a obter o alinhamento dos colaboradores e sustentar um alto grau de produtividade.

*Texto baseado na obra Além do e-Learning, abordagens e tecnologias para a melhoria do conhecimento, do aprendizado e do desempenho organizacional, de Marc J. Rosenberg.

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading