Comunique-se

Dicas para você melhorar a comunicação e fazer-se entender

Transmitir uma ideia e ser compreendido parece algo tão simples como somar dois e dois. O problema é que a comunicação não faz parte do campo da lógica. Você pode ter clara uma ideia e “travar” no momento de comunicá-la por nervoso, ansiedade, medo ou, ainda, verbalizá-la de uma forma muito direta (para você) sem que o outro entenda bulhufas.

Quer saber a melhor forma de se fazer entender? Então confira algumas dicas que selecionamos para você desenvolver essa habilidade:

Tenha um objetivo
Toda conversa tem um foco, uma ideia central. No ambiente de trabalho então, onde as pessoas estão concentradas em suas atividades, ao iniciar um diálogo, você deve ser objetivo. Isso não significa ser grosseiro, mas sim simplificar ideias e ser breve. 

Escute a outra pessoa
Uma ótima lição de comunicação é saber ouvir e dar atenção à opinião do outro. Pergunte mais, esclareça informações e deixe que o outro também se manifeste na conversa. É muito importante conhecer o ponto de vista do ouvinte para saber como conduzir o diálogo. 

Esclareça a ideia, exemplifique
Utilizar exemplos e histórias relacionadas ao que você deseja comunicar pode facilitar a compreensão do seu ouvinte. O que também ajudará a elaborar seus argumentos será colocar-se no lugar do outro e pensar como você os receberia da melhor forma, isto é, como entenderia de maneira mais simples e direta. No caso de críticas, aposte em um discurso que evidencie o resultado esperado. Confira nosso post sobre feedback.

Atente-se à linguagem corporal
A linguagem corporal também é uma potente forma de comunicação. Pelos gestos, postura, movimento dos olhos e outras expressões faciais você pode comunicar raiva, ansiedade, empolgação, desconfiança. Portanto, atente-se se há coerência entre o que você está comunicando verbalmente e seu gestual. 
Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading