Como tornar o e-Learning colaborativo

Atitudes simples e criativas que irão estimular a participação dos colaboradores em seus cursos 

É impossível fazer com que seus colaboradores fiquem entusiasmados com um conteúdo que consideram irrelevante ou que esteja muito além de suas habilidades. Mas além da preocupação com a qualidade daquilo que será ensinado, é preciso estar atento à maneira de ensinar, ou seja, às atividades propostas – determinantes para que haja envolvimento e colaboração por parte de todos.

Há inúmeras formas de estimular esse engajamento. Selecionamos algumas para você colocar em prática. Tome nota!

Colaboradores autores
Proponha que os participantes criem parte do conteúdo. Você pode pedir que seus colaboradores leiam textos relacionados ao curso, isso os ajudará a reter as informações. Mas se eles forem os responsáveis pela criação do material, sem dúvida, absorverão muito mais ideias, pois, para isso, estarão envolvidos em todo o processo de pesquisa, leitura e seleção de informações. 

Check-list por quem participa
Peça aos participantes para criarem um check-list destacando os pontos de maior importância do curso e, em seguida, compartilharem com o grupo para verificação.

Fontes de pesquisa
Você pode sugerir fontes para pesquisa, mas muito melhor do que isso é solicitar aos participantes que busquem sites, livros e outras referências e que sejam curadores desse material, isto é, selecionem o que for mais interessante e compartilhem recomendações. 

Divulgação de newsletter 
Peça que cada colaborador selecione um tópico do conteúdo geral e crie um texto com sua interpretação do tema. Solicite também uma ou duas imagens para acompanhar o material. Em seguida, reúna todos os textos, revise-os, mantenha as assinaturas dos autores, inclua as imagens ilustrativas e estruture uma newsletter para compartilhar com o grupo.

Referência: Portal e-Learning Industry

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading