Cultura de Alta Performance – Parte 3: Objetivos Organizacionais bem definidos


Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos 
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o terceiro deles, os Objetivos bem definidos.





Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Cultura de Alta Performance – Parte 2: Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional


Para atingir elevados níveis de desempenho organizacional e humano, e assim apresentar o que chamamos de Cultura de Alta Performance, uma empresa precisa estar atenta a sete pontos fundamentais:

1) Liderança
2) Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional
3) Objetivos bem definidos 
4) Métricas e Indicadores bem definidos
5) Execução
6) Planejamento e Capacitação da Força de Trabalho
7) Meritocracia

Neste artigo abordaremos o segundo ponto, o Alinhamento aos Valores e à Cultura Organizacional.





Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Pesquisa Melhores Práticas de Gestão de Performance e Obstáculos ao Desempenho


Temos a satisfação de convidá-lo(a) a participar da sexta edição e primeira com abrangência Latino-americana da Pesquisa Melhores Práticas de Gestão de Performance e Obstáculos ao Desempenho, realizada pela FIDAGH (Federación Interamericana de Asociaciones de Gestión Humana) com apoio da ABRH-Nacional e da MicroPower.

O objetivo desta pesquisa é identificar os obstáculos ao desempenho e a utilização de melhores práticas de gestão de performance nas organizações da América Latina.  A pesquisa é dividida em 2 partes: a primeira sobre obstáculos e suas intervenções com 15 questões, e a segunda sobre as Melhores Práticas de Gestão, com outras 15.  Você precisará dedicar no máximo 20 minutos para respondê-la.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Learning & Performance Brasil apresenta novo logotipo


A comunidade do Portal Learning & Performance Brasil, primeira mídia digital vertical brasileira com foco em informações sobre a prática do Aprendizado e Performance, ganhou um novo logotipo.

“A renovação do logotipo buscou deixá-lo com um aspecto mais moderno”, disse Francisco Antonio Soeltl, presidente da Comunidade Learning & Performance Brasil e da MicroPower.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

MicroPower marca presença no "Learning 2014"


Entre os dias 26 e 29 de Outubro, aconteceu o evento "Learning 2014", liderado por Elliott Masie, referência Mundial no Tema Aprendizado Corporativo. Este fórum contou com mais de 1.600 participantes, sendo estes CLO (Chief Learning Officer), Diretores de DHO e líderes de RH e Capacitação de diversas empresas.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Um modelo efetivo para o Aprendizado Organizacional


Não há dúvidas que o aprendizado leva a um melhor desempenho, desde que seja efetivo. Por “efetivo” podemos entender que as pessoas aprenderam o que precisavam aprender, e que vão passar a trabalhar melhor depois do processo de aprendizado. Parece simples, mas não é.

Para aprender de fato, é necessário que as pessoas estejam motivadas para isso, o que significa que devem ter uma ideia da importância que aquele conhecimento trará para elas ou, em uma situação ideal, sentem necessidade daquele conhecimento que irão receber.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Confira a cobertura do Congresso e-Learning Brasil 2001


Nos últimos dias 15 e 16 de março de 2001 foi realizado o primeiro Congresso e-Learning Brasil, com o objetivo de discutir o aprendizado online nas corporações.

O evento contou com a presença de diversos profissionais renomados; Elliott Masie, Leon Navickas, Gregor Rankin, Eric Shepherd, Mahesh Ham e Jeff Schwartz, que transmitiram a experiência internacional, beneficiando as empresas brasileiras, tornando-as mais produtivas e consequentemente, mais competitivas.




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
MicroPower | Como usar reforço positivo no e-Learning

Como usar reforço positivo no e-Learning

Muitos benefícios podem surgir a partir do momento em que os gestores passam a fornecer reforço positivo. Saiba como fazê-lo pelo e-Learning.

 

No post A importância do reforço positivo, tratamos dos motivos pelos quais vale a pena investir em feedbacks e reconhecimento de funcionários. Os benefícios são muitos: aumento de desempenho, autoconfiança e produtividade, promoção de um ambiente de trabalho mais positivo e também de senso de valor. Mas você sabe exatamente como estimular esse tipo de ação em cursos em formato e-Learning? Sim, é perfeitamente possível. Confira como!

 

Deixe claros objetivos e metas: para atingir ou determinar algum comportamento, por exemplo, estimular o trabalho em grupo para a criação de novos produtos ou então melhorar a performance do time de atendimento, é preciso definir claramente objetivos do seu curso e-Learning, caso contrário, seus colaboradores ficarão perdidos ou frustrados. Quando seu time sabe exatamente o que é esperado dele, fica mais fácil ter sucesso com os resultados.

 

Ofereça feedback positivo e construtivo: reconhecer ações e comportamentos positivos é de extrema importância, mas esse feedback positivo precisa ser verdadeiro. Isso será bom para a autoestima do colaborador, que buscará ter novas atitudes para reforçar elogios e prêmios e poderá contribuir para que feedbacks corretivos sejam interpretados de forma mais amistosa. É preciso criar oportunidades para demonstrar esse reconhecimento. Durante um treinamento que tenha como base Gamification, por exemplo, você pode estimular o time com um ranking elaborado a partir das competências e da performance dos competidores.

 

Tenha certeza de que seu curso interessa à audiência: em tempos de muita informação e pouco tempo, o colaborador precisa sentir de imediato que aquele conteúdo apresentado no e-Learning vai agregar valor para sua vida pessoal e profissional. Reforço positivo só funciona quando faz sentido para quem fornece e recebe. Como fazer isso?  Considere customizar seu treinamento online para criar uma conexão emocional entre o conteúdo e seus colaboradores. Veja alguns exemplos aqui.

 

Para garantir uma estratégia de aprendizado sob medida para a sua organização, além de efetividade na aplicação do e-Learning e do melhor conteúdo para informar e engajar seus colaboradores, conheça mais soluções do Estúdio de Conteúdos da MicroPower.

 

Referência: Portal e-Learning Industry


Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading