Os componentes de uma estratégia de aprendizado de sucesso

Integrar o aprendizado ao negócio é apenas um dos componentes importantes para o sucesso de uma estratégia de aprendizado 

Para garantir a alta performance, uma das mais importantes ações de uma organização é cuidar do desenvolvimento de seus talentos. O aprendizado em uma empresa inteligente é integrado aos seus processos e atividades. Dessa forma, segundo Mark Rosenberg, “a consideração das questões de aprendizado e desempenho ocorre muito mais cedo no desenvolvimento de novos sistemas, ferramentas ou processos de trabalho”, o especialista explica em seu livro Além do e-Learning, abordagens e tecnologias para a melhoria do conhecimento, do aprendizado e do desempenho organizacional.

No entanto, integrar o aprendizado ao negócio é apenas um dos componentes importantes para o sucesso de uma estratégia de aprendizado. Confira outros aspectos a serem considerados:

Governança – coloca ordem e promove a estruturação das ações, inclusive, no que diz respeito à administração dos fundos atribuídos à aprendizagem dentro de uma organização, trazendo a homogeneização de programas de aprendizado e levando uma mesma mensagem a todos os pontos da organização. 

Mensuração – muitas vezes, a efetividade de um treinamento é vista de forma abstrata pela direção de uma organização, justamente pela liderança de treinamento não saber como mensurar os resultados dos treinamentos. É preciso mostrar que os recursos estão sendo usados de maneira adequada. Por isso, atenção: medir os resultados de um programa de treinamento envolve reunir feedback de funcionários, observar o desempenho pós-treinamento e acompanhar métricas de negócio de sucesso.

Tecnologia/Estrutura – além de proporcionar o melhor conteúdo, é necessário garantir que seus colaboradores consigam aproveitar o material com facilidade, ou seja, garantir que o curso rode em uma plataforma segura, que funcione de maneira rápida e simples para o usuário. Acessibilidade deve ser a palavra de ordem, portanto, seja via desktop, mobile, online, off-line, você precisa pensar em propostas para atender a todo o time da mesma maneira.

Cultura – É responsabilidade da empresa criar um ambiente de aprendizagem onde todos os funcionários possam ter acesso ao aprendizado e estimular a troca de conteúdos e experiências. O e-Learning ainda pode ser usado para simplificar o processo de transferência de conhecimento e estimular o engajamento entre colegas.

Referência: Portal e-Learning Industry

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading