Crie o melhor conteúdo para seus treinamentos

Seleção de materiais, design, questões gramaticais: confira tudo aquilo que pode melhorar a experiência de aprendizado de seus colaboradores

Selecionamos dicas que irão deixar seus treinamentos muito mais interessantes e completos para “abastecer” o time e melhorar a performance organizacional. Ideias que vão desde a seleção do conteúdo a detalhes de diagramação. Confira e comece a revolução do conhecimento em sua empresa!

1 | É crucial planejar a estrutura de um curso e-Learning. Listar os tópicos que precisam ser cobertos. Separar os temas relacionados às atividades de seu time e planejar o que você deseja transmitir em cada tela.

2 | Ao desenvolver o conteúdo, seja muito específico. Lembre-se de que os alunos estão aprendendo em seu próprio ritmo e não terão um instrutor ao lado a todo o momento. Isso não significa que você precisa dar uma volta ao mundo e explicar dez vezes a mesma informação. Vá direto ao ponto, exemplifique o que for mais técnico e/ou complicado com o uso de imagens e outros recursos gráficos e sonoros e siga para um novo tópico.

3 | Organize o conteúdo: não só as ideias, mas também seu visual. Esse “desenho” do que é mais importante (portanto merece mais espaço, fontes especiais e ilustração), os títulos padronizados e destacados, as letras legíveis e dinâmicas (para facilitar a leitura), os botões ou ícones call to action, entre outros elementos ajudarão no processo de navegação e entendimento do material. 

4 | Variar é importante. Não siga sempre a mesma estrutura. Não utilize apenas texto ou imagem. Use tópicos destacados por bullets, faça perguntas, aposte em vídeos, crie personagens, conte histórias e proponha interações que determinarão diferentes finais para essas narrativas, de acordo com as escolhas de cada colaborador. Inove!

5 | Esteja atento a questões gramaticais e ortográficas. Sua credibilidade leva um golpe quando você publica cursos com erros de digitação. Por isso, passe um pente fino no conteúdo completo depois de pronto.

6 | Poupe o tempo dos colaboradores. Seu texto precisa comunicar e ser conciso. Opte por módulos de curta duração. Em vez de grandes blocos de parágrafos, aposte nos curtos e espaçados. Prefira utilizar recursos audiovisuais, eles são mais práticos. Facilite a vida do seu colaborador. Não se esqueça de informar a duração do curso, bem como os objetivos e as expectativas logo de início, pois esse tipo de detalhe determina a participação ou até a abstenção de sua audiência.

Com essas sugestões, você já pode dar vida e dinamismo para aqueles cursos batidos que estão na gaveta. Como dica final, experimente fazer a seguinte pergunta: “Eu teria interesse em participar desse treinamento, em realizar meu próprio curso?”. Passe por todos os detalhes que mencionamos, buscando tudo aquilo que pode ser melhorado. Quando a resposta for sim, o material estará “no ponto”, pronto para mudar a vida de seu colaborador.

Referência: SHIFT eLearning Blog

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter
Loading